PREVIDÊNCIA PRIVADA NÃO PODE SER PENHORADA PARA QUITAR DÍVIDA TRABALHISTA.

Sócios não podem ter valores de seus planos de previdência privada penhorada para garantir dívidas trabalhistas de suas empresas. O entendimento é da Subseção II Especializada em Dissídios Individuais (SDI-2) do Tribunal Superior do Trabalho que manteve a impenhorabilidade dos valores da previdência privada de um ex-sócio de uma companhia aérea bloqueados por determinação do juízo da 11ª Vara do Trabalho de Campinas (SP). Como a quantia serve principalmente à futura aposentadoria e seus proventos, em regra, não podem ser penhorados, os ministros entenderam que a proteção se estende à previdência complementar.
Continue lendo “PREVIDÊNCIA PRIVADA NÃO PODE SER PENHORADA PARA QUITAR DÍVIDA TRABALHISTA.”

Rapidez e eficácia nos cartórios de notas geram mais de 1,3 milhão a menos de processos na justiça

Desde de 2007, quando foi instituída a Lei n° 11.441/07, que autorizou a lavratura de inventário, partilha, separação e divórcio consensuais por via administrativa, mediante escritura pública, os cartórios de notas de todo o Brasil já realizaram mais de 1,3 milhão de atos dessa natureza. Os dados são da Censec, central de dados mantida pelo Colégio Notarial do Brasil – Conselho Federal (CNB/CF).

Continue lendo “Rapidez e eficácia nos cartórios de notas geram mais de 1,3 milhão a menos de processos na justiça”